Médico diz que Google Glass pode ser prejudicial à saúde


Médico diz que Google Glass pode ser prejudicial à saúde
(Fonte da imagem: Divulgação/Google)
Prometendo revoluções para o mundo da tecnologia, o Google Glass está sendo aguardado em todo o planeta — as possibilidades prometidas pelos desenvolvedores animam até mesmo os mais contidos apaixonados por aparelhos eletrônicos. Mas nem todos estão pensando apenas no que o novo sistema oferece de bom. É o caso de alguns oftalmologistas norte-americanos, que alertam para alguns riscos presentes na utilização do Google Glass.

O doutor Nathan Bonilla-Warford —do Bright Eyes Family Vision Care, Estados Unidos — disse ao Mashable que há uma série de problemas que podem ser causados à visão dos usuários do Google Glass. Como o aparelho pode exigir constante e a tela dele fica muito próxima ao olho, ressecamentos e fadigas oculares podem ocorrer com certa frequência.
Mais do que isso, o Google Glass pode também causar dores de cabeça — pelo mesmo motivo dos problemas oculares, segundo o médico — e problemas musculares na região do pescoço. Mas será que esses são os únicos riscos aos quais estarão expostos aqueles que utilizarem o Google Glass regularmente?

Distrações constantes também são um risco

Um médico chamado Michael Ehrenhaus (ligado ao New York Cornea Consultants) afirma que as distrações causadas pelo Google Glass podem se refletir em muitos acidentes sérios aos consumidores. Isso envolve desde tropeços enquanto estiverem caminhando pela rua até acidentes mais sérios, causados pela utilização imprudente do aparelho.
Ele diz ainda que pesquisas passadas revelam um fato intrigante: pessoas com HUDs (Head-up Displays) acabam aplicando muito foco ao fator visual e ficam com prejuízos sérios à percepção externa. Será que o Google Glass terá sistemas de segurança para evitar que esse tipo de situação aconteça? Se não tive, aí está uma ótima dica para os desenvolvedores de Mountain View.
Fonte: Mashable

Nenhum comentário :

Postar um comentário